quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Livros: Para Todos Os Garotos Que Já Amei



Olá pessoas, 

O post de hoje é uma resenha de um livro que foi escrita por uma aluna minha do segundo ano, a Ana Carolina. A Carol é uma fofa e escreve super bem, durante as férias ela me contou que havia comprado um livro e que tinha adorado. Sugeri que ela escrevesse uma resenha, como exercício de escrita e de interpretação de texto, como professora de História, sei o quanto um aluno leitor é importante. Carol fez a resenha e me enviou e combinamos de postar aqui. Leiam o texto dela e opinem. 


Oi, aqui é a Ana Carolina,  e vou relatar a leitura do livro Para Todos Os Garotos Que Já Amei. Para começar eu queria dizer que ele é sim, o livro que eu mais gostei até agora! Amei!!! Bom, vamos a história: O Livro conta a história de uma garota, Lara Jean, de 16 anos, que perdeu sua mãe e mora com seu pai, sua irmã mais velha, que se chama Margot, a irmã mais nova, Kitth. Lara tem um crush, o Josh, que é seu vizinho e o pior: é NAMORADO de sua irmã. 

Lara, como toda garota tem suas paixões e suas desilusões. Para não ficar tão triste quando descobre que o cara super gatão da escola é um babaca, ela escreve, desabafa em cartas e guarda todas em uma caixa de chapéu azul que ganhou de sua mãe. Em um certo momento, tudo começa a sair do controle, a irmã de Lara iniciará faculdade em outro país (Escócia) e agora, Lara Jean passará a ser praticamente a chefia da casa, pois seu pai é médico e tem plantões e quase nunca está em casa, essas coisas todas de médicos. Ela agora passará a cuidar da irmã mais nova. Como está indo pra longe, Margot decide terminar o namoro com Josh - uhul! - mas Lara esconde seu sentimento mesmo assim. 

Nesse momento tudo poderia acontecer. E tudo realmente acontece, sua caixa de chapéu azul some, com todas suas cartas, suas cinco cartas, cinco paixões diferentes, são entregues a todos os amores. Cartas cheias de coisas que Lara Jean não teria coragem de falar a ninguém. E agora? O que irá acontecer? 


Para Todos Os Garotos Que Já Amei é muito minha cara. Não só, por ser uma menina de 16 anos, mas também porque escrever é  um dos meus hobbies. Inclusive cartas, porém, eu as entrego as pessoas. Aliás, algumas pessoas, outras eu guardo por vergonha. Tenho minhas paixonites amorosas e desilusões, mas confesso, Lara Jean me surpreendeu e estou aos pulos para ler a continuação, P.S.: Ainda Amo Você.


Queridas pessoas, é isso. Gostaram do texto? Já leram o livro? eu - Ítala - não li mas fiquei curiosa, acho que vou pedir emprestado! Estou indo visitar minha mãe e fico desligada o resto da semana. Até segunda, bjs e até

Ana Carolina 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Decor: Araras de Roupas


Olá pessoas

O post de hoje estava arquivado nos arquivos desde Outubro do ano passado. Eu não sei se vocês sabem, mas ano passado eu quase mudei de cidade por conta de um concurso público em que eu passei. Se eu tivesse ido eu iria morar sozinha, como eu já tenho minha casa, não pretendia gastar para montar o lugar novo, no qual eu não pretendia ficar mais que 4 dias da semana. Na época eu comecei a pensar em como fazer isso e ao mesmo tempo ter um lugar legal, foi quando eu fiquei com muita vontade de comprar uma arara para levar pra lá e organizar as minhas roupas. O tempo passou, eu não fui, mas a ideia da arara eu acho muito legal, em especial para o armário cápsula, nela você pode deixar as roupas que vai usar no período e deixar as demais guardadas no seu roupeiro. Aqui em casa não rola por conta de espaço e porque sempre tem muita poeira, então eu ia ficar preocupada de sujar as roupas. Recentemente minha amiga resolveu se desfazer do guarda-roupas dela e comprar uma arara. Ela tá enrolando, mas eu quero encoraja-lá a fazê-lo, por isso o post com algumas imagens para inspirar :)

No quarto de Maria - a minha amiga - ficaria mais ou menos assim. Amiga, ignore as cores, sua gótica. Um espelho - o dela é excelente - e uma prateleirazinha pra organizar os sapatos e: perfeito.

Meu modelo preferido: Acho que umas gavetas para guardar as peças que não ficarão penduradas é essencial, dá pra mandar fazer em qualquer marcenaria, a arara nesse caso é apenas um suporte de metal, os cabides todos combinando e uma prateleira em cima pra organizar mais alguma coisa.
As imagens são do google, pinterest, just lia e morando sozinha - que fez um post com onde comprar e tudo mais - quem também tem arara em casa é a Thayse e a Bruna Vieira que tinha no Apê de São Paulo. Vocês gostam de araras? Daria certo em suas casa?

Ps: essa semana tivemos posts segunda, quarta e sexta. Essa provavelmente será a frequência de posts nos dias mais corridos. Essa semana também fiquei sem computador =( e por isso mal visitei vocês, me desculpem e obrigada por passarem sempre por aqui.

bjs e até

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Pra Inspirar: O Estilo da Débora Alcântara



Olá pessoas

Quando eu conheci o Tudo Orna, acho que só a Júlia postava looks do dia e eu era apaixonada pelo estilo dela. O tempo passou e as irmãs Orna/Alcântara mudaram e seu estilo também, hoje, das três a que sempre me deixa babando em suas composições é a Débora. Seja por seu corpo mais curvilíneo que o das irmãs ou porque sempre tem um quê de anos 90/70 em suas produções e eu penso: quero isso para mim. Por isso resolvi fazer esse post com um pouquinho do estilo dela.




Branco, preto, cinza, nude e pouca estampa. Esse é o visual minimalista e muito elegante da Débora, já quero copiar um monte de aspectos. Quem mais se inspira nela? Bjs e até

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Look: Floral de Inverno


Olá pessoas

Bom dia! Hoje é dia de postar look aqui no blog e finalmente um look com vestido - sei que cês gostam - esse vestido eu comprei de um desapego no grupo do Facebook das moças que gostam da Antix. Comprei no finalzinho de 2014 e nunca tinha aparecido por aqui. Quando eu o comprei eu achava que ele era justinho ao corpo e dei uma decepcionada quando ele chegou. Agora sou muito grata por ele ser assim porque nunca deixou de servir. Ele tem esse print super bonito, floral escuro com carinha de inverno, assim como estava o dia das fotos, com muitas chuvas de verão para esfriar o dia. O batom é uma combinação do roxuva, da Quem Disse Berenice? e o Rosa Marcante, da Eudora, os olhos semi-fechados é um oferecimento do astigmatismo e sensibilidade à claridade.
Bem, o look poderia muito bem ser composto por cardigã e sapato fechado, o dia nublado e o ventinho gelado faz a gente querer brincar de inverno em pleno verão. O salto é que eu os uso uma vez por ano. Aliás, eu até estou usando mais, obrigada aos deuses dos saltos de bloco. Essa sandália é da Moleca e apesar de bem alta ela é ok de usar. Gosto desse vestido também pelo tamanho, ele é bem comportadozinho, só preciso ajustar no busto pois, pouco peito, mas uso soltinho de boa! Ah, não gostei da bolsa, usei ele porque era a que estava com minha carteira e minhas chaves dentro e eu já estava atrasada. O que acharam?


Bjs e até

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Inspiração de Verão: Fotos no Pier


Olá

Aproveitei a última semana de janeiro para postar mais algumas imagens com inspiração de fotos tendo como protagonistas os rios e os lagos. As fotos de hoje são todas em pier. Aqui não tem nenhum, mas tem uma ponte na beira da lagoa da Caiçara e eu estou esperando Ramon ter um tempinho pra gente ir fotografar lá =) inspirem-se

Bjs e boa semana

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Moda // Basic #1






Não sou o MC Donalds, mas Amo Muito Tudo Isso!!! Bjs e até

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Look: Cinza & Vermelho


Olá

Bom dia. Pessoas queridas, ontem acabaram as minhas férias e eu estou voltando ao mundo do acordar cedo e ter um zilhão de coisas para fazer. O look da semana é de ontem,  não recomeçaram as aulas ainda, mas, nós profes começamos a planejar o ano e a combinar o calendário letivo, mesmo assim já é bacana estar de volta. Por isso o look hoje é para vivenciar isso, com jeans azul básico e mochila. Tudo lá da Riachuelo - infelizmente nada foi presente hehehehe - exceto a sapatilha amorzinho que é da Melissa.

Essa calça é o maior amor até então. Foi a primeira compra de 2016, eu estava no shopping com uma amiga e ela que viu a calça. Eu fiquei com ela na cabeça a noite inteira e no dia seguinte voltei para experimentar. Vestiu tão bem que eu resolvi trazer. Ela é azul médio e é do tipo clássica - tem até 5 bolsinhos - tem a cintura alta e fica um amorzinho com a barra virada. Acho que vai virar a "farda" do trabalho nesse ano. A blusa é minha t-shirt preferida do Mickey atualmente, ela é masculina e mesmo que eu a use TODA semana ela continua novinha - comprei em junho de 2015 - e a mochila eu comprei na black friday da Riachuelo, foi 45$.


É isso, é maravilhoso usar as nossas peças preferidas né? A minha meta é ter um guarda-roupa só com peças favoritas, nem que para isso eu tenha bem menos do que tenho agora. O que acharam o look? Bjs e até

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Meu armário, Meu corpo e Meu estilo


Olá pessoas,

A minha volta fez com que algumas de vocês quisessem saber sobre o que se passou aqui e a quantas anda a ideia do armário-cápsula. Pois bem, resolvi fazer um post sobre isso tudo. Espero que não fique muito longo e que eu possa responder as questões que já apareceram por aqui e começar a entender, com a ajuda de vocês, as que eu também tenho.

01 - Meu Armário // Armário-Cápsula
Itens desejos sendo comprados sem desvio, tia Ítala aprova
Conheci o conceito do armário cápsula no segundo trimestre do ano passado e fiquei encantada. A verdade é que ninguém usa todas as roupas o tempo todo. Tem sempre aquelas que ficam meio esquecidas e volta e meia elas ressurgem. Minha ideia era aprender a usar todas as roupas e desapegar do que não servia. Foi o que fiz, tirei um peso, uma quantidade muito grande de peças, mas parei de sequenciar, de restringir quantas peças eu posso ou não vestir, estou tentando usar todas as peças, ainda tem peça pra tirar e aprender a comprar melhor, isso é um processo apenas iniciado, sem data ainda pra concluir.  Então eu parei e não parei a ideia do armário cápsula. O que eu tenho feito é separar peças pra usar durante o mês, mas quando dá vontade eu pego outra que não estava na lista sem problemas.


02 - Meu Corpo
58kg - 72kg - 67kg
Acho que já contei aqui que minha relação com meu corpo nunca foi nada boa, sempre comi muito errado e nunca gostei do que vejo no espelho. Nos últimos 18 meses eu engordei mais de 10 kgs. Não gosto de falar de corpo e de peso também por que não quero parecer gordofóbica ou algo que o valha, mas estar engordando me incomoda muito. Estou emagrecendo, o ruim é o motivo, estou com esofagite, hérnia hiatal e refluxo gástrico, ou seja, não posso comer quase nada, também não posso fazer musculação então vou cortando o sorvete e as fast foods pra ver se os kilos a mais vão embora e principalmente, se eu melhoro aqui. Conhecer o próprio corpo é o primeiro passo para conhecer ou reconhecer seu estilo - falo disso já, já - e eu sempre me inspirei em meninas magérrimas, óbvio que aquela peça que cai como uma luva nela, em mim vai faltar pano, vão sobrar curvas, vai ficar estranho.

03 - Meu Estilo
Podia ser a gente Antix, mas seus preços não colaboram
Eu sempre me defini como tendo estilo romântico e retrô com uma pegada rocker. Agora eu vos pergunto: que diabos de estilo é esse? Que diabos é isso? Eu? Eu também não sei. A verdade é que já faz um tempinho que eu ando querendo substituir algumas estampadas por peças lisas. Deixar de lado coisas muito fofas/infantis e trocar por coisas fofas - por que eu SOU FOFA - adultas. A verdade é que daqui dois anos eu faço 30 e queria comemorar com menos gatinhos, coelhinhos, lacinhos e cachorrinhos, a questão é: EU AMO ESTAMPA! Eu não costumo comprar roupa por modelo ou tecido, mas sim pelo print. Serio mesmo, escolho a cor/estampa, depois eu vejo se me cabe dentro. Eu não quero mudar meu estilo 100% de uma hora pra outra, até porque eu nem dinheiro ou vontade pra isso tenho, mas ir aprimorando, conseguindo ser retrô/fofa de um jeito mais adulto, minimalista, porque não? Tenho buscado referências na internet mas não tenho encontrado muito coisa, a Mira tem sido minha maior parceira e a gente combinou de trocar figurinhas. A Débora Alcântara - Tudo Orna - é uma boa inspiração - pelo corpo curvilíneo deuso - por seu estilo estar minimalista, mas com uma pegada retrô, só que ela quase não usa estampa. Snif, snif. Sigo buscando, se conhecerem alguém que usa estampas fofas de uma forma adulta, please, compartilhe na minha linha do tempo.


É isso, dúvidas? sugestões? - por favor sugiram - estou a disposição. Bjs e até